Pesquisar este blog

22/06/2009

Erasmo de Rotterdam


Desiderius Erasmus Roterodamus, conhecido como Erasmo de Roterdão (português europeu) ou Roterdã (português brasileiro) (27 de Outubro de 1466 Roterdão12 de Julho de 1536, Basiléia) foi um teólogo e um humanista neerlandês. Ele nasceu em Geert Geertsen, em Roterdão, Holanda do Sul, Países Baixos
Aos onze anos de idade, Erasmo já lia perfeitamente Horácio e Terêncio. Tendo perdido os pais ainda muito jovem, o seu tutor internou-o no convento de Stein, onde Erasmo, desgostoso, entregou-se apaixonadamente aos estudos. Cursou o seminário com os monges agostinianos e realizou os votos monásticos aos 25 anos, aproximadamente.
Tinha apenas vinte anos quando escreveu sua primeira obra: O Desprezo do Mundo. Em seguida publicou um discurso intitulado O Bem da Paz.
Esses dois trabalhos logo se tornaram muito conhecidos e celebrizaram o seu autor.

Na Itália, Erasmo travou relações com os homens mais famosos da época.
Conheceu cardeais e papas, entre estes Júlio II. Esteve em seguida, em Veneza, com Aldo Manuzio;depois, em Pádua, onde foi preceptor do filho bastardo de James Stuart; mais tarde tornou à inglaterra, onde teve em Thomas More um dos seus melhores amigos.

O Elogio da Loucura (Encomium Moriae), foi publicado em Paris em 1509. É uma sátira extraordinariamente interessante, na qual os potentados da época e sobretudo os homens da Igreja são impiedosamente escalpelados pela ironia incomparável do grande escritor.
Sempre inquieto e insatisfeito, percorreu Erasmo vários países, até se instalar definitivamente na Basiléia, onde morreu aos setentas anos de idade, no dia 11 de julho de 1536.

Nenhum comentário:

Postar um comentário