Pesquisar este blog

27/01/2010

Vivaldi-As Quatro Estações

O amor à arte e a coragem em romper as regras vigentes na sociedade veneziana do final do século 17 e início do 18, certamente, foram as marcas principais na trajetória de Antonio Lucio Vivaldi. Suas melodias agradavam a minoria intelectual e despertavam interesse em pessoas que, até então, se mantinham distantes da música. Não tardou para que Vivaldi se popularizasse em toda Europa, inclusive na França que, na época, vivia mergulhada em seu valores nacionais.

Sem temer críticas, o músico inovou em suas composições,iluminando a estrutura formal e rítmica do concerto. Também buscou contrastes harmônicos, resultando em originalidade. Uma irreverência que fez dele um dos maiores talentos do período barroco. No âmbito pessoal, a mesma ousadia escandalizava a sociedade conservadora. O músico vivia cercado por uma legião feminino e, em especial, contava com a inseparável companhia de sua jovem aluna e cantora Anna Giraud. A história diz que somente a morte de Vivaldi os separou, mas o compositor nunca se casou.

Veja outras postagens sobre Vivaldi neste Blog
Faixas deste CD
01 - Concerto n° 1 in D Major - Spring - Allegro
02 - Concerto n° 1 in D Major - Spring - Largo
03 - Concerto n° 1 in D Major - Spring - Allegro
04 - Concerto n° 2 in G Minor - Summer - Allegro non molto
05 - Concerto n° 2 in G Minor - Summer - Adagio - Presto - Adagio
06 - Concerto n° 2 in G Minor - Summer - Presto
07 - Concerto n° 3 in F Major - Autumn - Allegro
08 - Concerto n° 3 in F Major - Autumn - Adagio molto
09 - Concerto n° 3 in F Major - Autumn - Allegro
10 - Concerto n° 4 in F Minor - Winter - Allegro non molto
11 - Concerto n° 4 in F Minor - Winter - Largo
12 - Concerto n° 4 in F Minor - Winter - Allegro

Nenhum comentário:

Postar um comentário