Pesquisar este blog

14/02/2010

Manuel de Falla (1876-1946)

Manuel de Falla y Matheu (Cádis, 23 de novembro de 1876 Alta Gracia, 14 de novembro de 1946) foi um compositor espanhol.

Filho dum comerciante e duma pianista, recebeu suas primeiras aulas de sua mãe, María Jesús Matheu. A partir dos fins da década de 1890, estudou piano em Madri, com José Trago, e composição, com Felipe Pedrell. Em 1899, por votação unânime, foi-lhe conferido o primeiro prêmio na competição de piano do seu conservatório e, por volta dessa mesma época, começou a usar o "de" com seu primeiro sobrenome, fazendo "de Falla" ser o nome com o qual se tornaria famoso.

Foi por influência de Pedrell que de Falla tornou-se interessado na música espanhola, particularmente no flamenco andaluz (em especial o cante jondo), que se mostraria marcante em muitas de suas composições. Dentre as obras iniciais há algumas zarzuelas, mas a primeira grande composição foi a ópera em um ato La Vida Breve, escrita em 1905, embora revisada antes da estréia em 1913.

De Falla tentou em vão impedir o assassinato de seu amigo Frederico García Lorca em 1936. Após a vitória de Franco na Guerra Civil Espanhola, de Falla emigrou para Argentina, onde viria a morrer. Em 1947, seus restos mortais foram levados para a Espanha e depositados na catedral de Cádis. Uma das homenagens à sua memória é a Cátedra de Música Manuel de Falla na Faculdade de Filosofia e Letras na Universidade Complutense de Madri.

Origem: Wikipédia



Salud - Teresa Berganza
Paco - José Carreras
La Abuela - Alicia Nafé
Tío Sarvaor - Juan Pons
Carmela - Paloma Pérez Iñigo
Manuel - Ramón Contreras
Voz en la fragua - Manuel Cid
Cantaor - Manuel Mairena

Ambrosian Opera Chorus
London Symphony Orchestra
Luis Antonio García Navarro

Download (Rapidshare)

Nenhum comentário:

Postar um comentário