Pesquisar este blog

23/06/2010

Hector Berlioz - Symphonie fantastique, Op.14 ; Herminie

Louis Hector Berlioz (Côte - Saint-André, 11 de dezembro de 1803Paris, 8 de março de 1869) foi um compositor do Romantismo francês, conhecido por sua Sinfonia Fantástica (1830) e pela Missa de Requiem (1837)

Berlioz nasceu a 11 de dezembro de 1803, em Côte-Saint-André, entre Grenoble e Lyon, na França. Seu pai era médico e o jovem Hector foi enviado a Paris para, como o pai, estudar medicina. Berlioz, insatisfeito com a escola de medicina, desistiu do curso para estudar música, contra a vontade de seu pai. O jovem entrou para o conservatório de Paris, para estudar composição.

Desde cedo, o compositor identificou-se com o movimento romântico francês. Entre outros, eram amigos dele os escritores Alexandre Dumas, Victor Hugo e Honoré de Balzac. Posteriormente, Théophile Gautierescreveria:

"Hector Berlioz parece formar, juntamente com Hugo e Delacroix, a Trindade da Arte Romântica."

Seu amor não correspondido pela atriz Henrietta Constance Smithson serviu de inspiração para a composição da Sinfonia Fantástica. No mesmo ano da première desta obra (1830), Berlioz ganhou o Prix de Rome. Ao voltar a Paris, após seus dois anos de estudo em Roma, ele finalmente casou-se com Smithson, quando esta finalmente foi a uma apresentação da Sinfonia Fantástica. Entretanto, após poucos anos, o relacionamento acabou.

Um noivado com Marie Moke, ocorrido na época em que Smithson rejeitou Berlioz, foi rompido quando a mãe de Marie resolveu casá-la com o pianista e fabricante de pianos Camille Pleyel.

Durante sua vida, Berlioz foi mais famoso como regente do que como compositor, ele regularmente viajava para a Alemanha e Inglaterra, para reger óperas e música sinfônica, tanto obras suas quanto de outros compositores.

Hector Berlioz faleceu em 8 de março de 1869 e está sepultado no Cemitério de Montmartre, com suas duas esposas, Harriet Smithson (falecida em 1854) e Marie Recio (falecida em 1862).

Origem: Wikipédia


01. Symphonie fantastique, Op.14 - 1. Rêveries. Passions (Largo - Allegro agitato ed appassionato assai)
02. Symphonie fantastique, Op.14 - 2. Un bal (Valse: Allegro non troppo)
03. Symphonie fantastique, Op.14 - 3. Scène aux champs (Adagio)
04. Symphonie fantastique, Op.14 - 4. Marche au supplice (Allegretto non troppo)
05. Symphonie fantastique, Op.14 - 5. Songe d'une nuit du Sabbat (Larghetto - Allegro - Ronde du Sabbat: Poco meno mosso)
06. Herminie - Scène lyrique - 1. Récit: "Quel trouble te poursuit" Aurélia Legay
07. Herminie - Scène lyrique - 2. Air: "Ah! Si de la tendresse" Aurélia Legay
08. Herminie - Scène lyrique - 3. Récit: "Que dis-je?" Aurélia Legay
09. Herminie - Scène lyrique - 4. Air: "Arrête! Arrête! Cher Tancréde Aurélia Legay
10. Herminie - Scène lyrique - "Que Clorinde est heureuse!" Aurélia Legay
11. Herminie - Scène lyrique - 5. Air: "Venez, venez, terribles armes!" Aurélia Legay
12. Herminie - Scène lyrique - 6. Prière: "Dieu des chrétiens!" Aurélia Legay
13. Herminie - Scène lyrique - "Venez, venez, terribles armes!" Aurélia Legay


Nenhum comentário:

Postar um comentário